quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Criminosos explodem caixa eletrônico em Pendências


Publicação: 2014-10-01 09:18:00 | Comentários: 0

A+A-
Bandidos explodiram mais um caixa eletrônico no interior do Rio Grande do Norte na madrugada desta quarta-feira (1). Desta vez, a ocorrência foi no município de Pendências, na região Oeste do Estado. De acordo com a Polícia Civil, os criminosos utilizaram dinamite para destruir o terminal. No entanto, após troca de tiros com policiais, nada foi roubado. Esta foi a segunda ação de assaltantes na agência bancária apenas em 2014. Nenhum suspeito foi preso. 
Cedida / DegepolPolícia conseguiu impedir a ação dos criminososPolícia conseguiu impedir a ação dos criminosos

Segundo a Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), a Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCin) recebeu informações de que uma quadrilha especializada em arrombamento de caixas eletrônicos estaria prestes a explodir um terminal bancário na cidade. Com a denúncia, policiais civis da região foram mobilizados e deslocados para o local. 

Ao chegaram na agência, os policiais foram recebidos a tiros pelos criminosos, que já haviam efetuado uma pequena explosão e desligado a energia do local, atirando contra o transformador de energia. Durante a troca de tiros, os bandidos conseguiram fugir, mas, sem recolher o dinheiro do terminal. 

A Polícia encontrou cápsulas de revólveres calibre 12, 380 e 44, além de uma dinamite pronta para ser detonada. Diligências ainda estão sendo realizadas a fim de capturar o grupo. 

Justiça autoriza lançamento de livro que revela homossexualidade de Lampião



Publicação: 2014-10-01 17:24:00 | Comentários: 0
A+A-
A Justiça de Pernambuco autorizou o lançamento do livro "Lampião, o mata sete", que conta a história de Virgulino Ferreira, o Lampião. De autoria do escritor Pedro de Morais, a obra tem como principal revelação a homossexualidade do cangaceiro.

Segundo o desembargador Cezário Siqueira Neto, impedir a publicação seria uma "medida de censura".

A autora do processo que queria impedir o lançamento do livro é a neta de Lampião, Vera Ferreira. De acordo com o magistrado, os familiares que se sentirem ofendidos pelo conteúdo "podem se valer dos meios legais cabíveis".

A suposta homossexualidade de Lampião gera polêmica entre pesquisadores. Para Frederico Pernambucano de Mello, por causa da realidade vivida pelo cangaceiro, entre homens violentos e preconceituosos, ele teria pedido a autoridade em chefiar o bando.

Esquema de segurança para América-RN e Flamengo terá 400 Policiais Militares

O Comando do Policiamento Metropolitano da Polícia Militar apresentou, nesta terça-feira (30), o plano de segurança para a partida de futebol entre o América-RN e Flamengo, marcada para a noite da quarta-feira (1ª), no estádio Arena das Dunas.
 
De acordo com o comandante do CPM, coronel Wellington Alves, a força policial contará com um efetivo apropriado para esse tipo de evento, além de mecanismos modernos que auxiliarão no processo de fiscalização.

O coronel ressaltou que 400 policiais militares serão destacados para garantir a segurança dos torcedores e jogadores da partida, sendo 334 nos principais corredores que dão acesso ao estádio e 76 do Batalhão de Choque que ficarão no interior do Arena das Dunas. “Esses mais de 300 homens que ficarão na parte externa são de diversos batalhões e companhias, agentes de segurança treinados que saberão agir caso preciso for para garantir a ordem e a paz', disse.
Além do efetivo, o esquema de segurança vai contar com duas plataformas de observação contendo em cada uma delas câmeras de longo alcance e sensores de temperatura, podendo detectar uma arma escondida com algum suspeito há mais de mil metros. A polícia militar informa que há duas uma semana participou de reuniões com o ministério público e representantes de torcidas afim de traçar diretrizes de segurança para os torcedores.


Fonte: Portal BO

Raridade >: Índia de 37 anos da á luz a quadrigêmeas idênticas em MS

Arquivado em: Notícias | 
A gestação de quadrigêmeas de Denir Campos, 37 anos, que acreditava estar grávida de apenas dois bebês, foi considerada por médicos situação rara por apresentar circunstâncias particulares.

A idade da mãe, o tipo de fecundação, o peso das bebês, o parto normal e a quantidade de semanas foram alguns fatores apontados pela médica ginecologista e obstetra Débora Faraco Coelho, consultada pelo G1.

Especialista em gestações de alto risco, Débora explicou que a formação de gestação espontânea de quadrigêmeos não é comum e geralmente acontece em casos de tratamento para engravidar.

“Muita raridade junta. Essa mulher, com essa idade, engravidar sem tratamento de fertilização, de quadrigêmeas univitelinas [a partir de um único óvulo] representa um caso raríssimo.

Em uma a cada 700 mil mulheres você consegue achar quadrigêmeos, pelos menos é isso que temos na literatura [médica]”, explicou.

A mulher, que é indígena da etnia terena e mora em um assentamento rural em Anastácio, teve as quatro gêmeas idênticas na última sexta-feira, em uma maternidade de Campo Grande. Segundo Denir, o ultrassom feito durante o pré-natal mostrava apenas dois fetos.

“Só fui saber da novidade na hora do parto, quando os médicos falaram que tinha mais um para nascer.

Achei que eles estavam brincando, mas depois veio outra menina ainda”, lembra Denir.

A dona de casa disse ter ficado em estado de choque com a notícia.

Conforme a médica, casos de gêmeos, trigêmeos e quadrigêmeos são mais comuns em mulheres com idade mais avançada que fazem tratamento de fertilização.


A médica explica que a idade da indígena pode ter influenciado para a ocorrência de divisão de óvulos, mas o fato de serem univitelinos, originários do mesmo óvulo, torna o caso ainda mais particular.


Portal Voxnet (G1)

terça-feira, 30 de setembro de 2014


Declaração homofóbica pode render cassação da candidatura de Levi Fidelix

Convenção PRTB em São Paulo
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) pediu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a cassação da candidatura de Levy Fidelix (PRTB) e direito de resposta às declarações homofóbicas ditas pelo candidato durante debate ocorrido na “TV Record” na noite deste domingo (29). O deputado Renato Simões (PT-SP) também acionou o candidato. A primeira representação foi feita à Procuradoria Regional Eleitoral do Ministério Público Federal, instituição cujo procurador-geral, Rodrigo Janot, recentemente se pronunciou pela adoção do crime de discriminação previsto na legislação contra o racismo para embasar processos por homofobia.
Outra junto à comissão especial da lei 10.948, que pune a homofobia no Estado de São Paulo, de autoria do próprio Renato quando deputado estadual, que funciona junto à Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo. “Esperamos que a impunidade não alcance Fidelix, pois seu comportamento como candidato à Presidência da República não pode estimular o preconceito, a discriminação e a violência contra LGBTs em todo o país”, disse o deputado.


Fidelix atacou a comunidade LGBT, gerando uma série de protestos nas redes sociais.