quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Filiação partidária para quem quer concorrer a cargos eletivo até 2 de abril

calendarioPassado período de carnaval, as atenções se voltam agora para o pleito eleitoral deste ano, quando os eleitores vão as urnas para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.
Quem quiser concorrer aos cargos eletivos deste ano deve se filiar a um partido político até o dia 2 de abril de 2016, ou seja, seis meses antes da data das eleições.
As convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações devem ocorrer de 20 de julho a 5 de agosto de 2016.
Os pedidos de registro de candidatos devem ser apresentados pelos partidos políticos e coligações ao respectivo cartório eleitoral até às 19h do dia 15 de agosto de 2016.

Polícia confirma abertura de túnel identificado ontem por equipe da Força Nacional no Raimundo Nonato


Depois de tentativa de fuga, ontem no presídio Raimundo Nonato, na zona Norte, a polícia fez uma revista hoje no local.
O túnel aberto dava acesso à rua ao lado do Raimundo Nonato.
   
    
 

DEICOR prende em São João do Sabugi/RN suspeito de executar promotor de Justiça em Caicó



Policiais da Divisão Especial de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) com apoio do Grupo Tático Operacional da cidade de Parelhas, prenderam neste domingo (7) na cidade de São João do Sabugi/RN, o um homem identificado como José Ivanilson Dias Gomes, de 32 anos, também conhecido como “Baixinho”.
De acordo com a Polícia, “Baixinho” é suspeito de ter participado de pelo menos 10 assaltos a banco no Estado, além da morte de um promotor de Justiça no Estado do Pernambuco.
Com José Ivanilson, os policias apreenderam cinco espoletas para explosão de caixas eletrônicos, 720 reais e 6 celulares.  O preso tinha 3 mandados de prisão em aberto.

Mujica diz que Raúl Castro já decidiu que deixará a presidência cubana

France Presse
08/02/2016 14h35 - Atualizado em 08/02/2016 16h24

Ex-presidente uruguaio afirmou que idade avançada é principal fator.

Em 2013, líder cubano disse que mandato até 2018 seria seu último.

Do G1, em São Paulo com agências
O líder cubano Fidel Castro compartilhou com o ex-presidente uruguaio, José Mujica, sua preocupação sobre o vírus zika, que se espalha pela América, durante um encontro celebrado em Havana (Foto: cubadebate.cu / AFP)O líder cubano Fidel Castro compartilhou com o ex-presidente uruguaio, José Mujica, sua preocupação sobre o vírus zika, que se espalha pela América, durante um encontro celebrado em Havana (Foto: cubadebate.cu / AFP)
O ex-presidente uruguaio José Mujica, que visitou Havana no final de janeiro, afirmou que o presidente Raúl Castro já tomou a decisão de deixar o governo por causa de sua idade, revela em entrevista publicada nesta segunda-feira (8) pelo jornal italiano La República.
"Raúl vai embora, já está com a decisão tomada e tem 85 anos. Por quê? Porque com a biologia não se pode e é preciso respeitá-la porque é determinante", assinalou o ex-presidente do Uruguai (2010-2015).
O comentário surgiu quando indagado sobre a possibilidade sobre sua volta como candidato no Uruguai, o que também descartou por causa da idade. Em seguida, deu como exemplo governantes longevos como os irmãos Castro.
Raúl Castro, presidente de cuba, discursa nesta quarta-feira (15) na Assembleia Nacinal em Havana (Foto: Ladyrene Perez/Cubadebate via AP)Raúl Castro, presidente de cuba, discursa nesta quarta-feira (15) na Assembleia Nacinal em Havana (Foto: Ladyrene Perez/Cubadebate via AP)
Porém, o ex-presidente uruguaio não deixou claro quando Raúl deixaria o poder, nem como seria o processo de sucessão na presidência de Cuba. Quando foi eleito para o segundo mandato de cinco anos, em 2013, Castro afirmou que seria sua última legislatura.
"Devo esclarecer que, no meu caso, independente da data em que nossa constituição for atualizada, este deve ser meu último mandato", disse, na época, Raúl Castro.
Raúl Castro é o presidente de Cuba desde 2006, quando seu irmão, Fidel Castro, ficou doente e deixou o poder. Em 2008, ele foi eleito oficialmente. Os irmãos Castro comando o país desde 1959.
Fidel melhor
Sobre Fidel Castro, Mujica disse que o viu melhor do que há dois anos, apesar de "estar com dificuldades para caminhar".
"Tem que usar uma bengala, mas está com a cabeça muito clara, perfeitamente informado. Fiquei surpreso que leia sem óculos. Está vivaz, faz perguntas inteligentes, como sempre", afirmou.
A foto de Mujica com Fidel Castro difundida em 30 de janeiro é a imagem mais recente do líder cubano.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

CARNAVAL DE MACAU 2016 - ARENA ¨BNB¨ - DE 06 Á 09-02-16


MACAU - TENTATIVA DE HOMICÍDIO NESSA SEGUNDA FEIRA (08)

Imagens Whatsapp
  Um jovem foi vítima de vários disparos de arma de fogo nessa segunda feira (08) por volta das 22:30 na Rua Feliciano Tetéo, no Bairro Porto São Pedro em Macau.

Imagens Whatsapp
A vítima um jovem conhecido por João Emanoel Dantas de 22 anos foi atingido por vários disparos, e uma das balas atingiu o fêmeo da vítima, o mesmo foi socorrido por populares em seguida conduzido imediatamente para o Hospital Antônio Ferraz, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos e em seguida encaminhado para  Natal.

O motivo dos disparos até o momento são desconhecidos e o autor também.

Ju Isen se diz impedida de usar tapa-sexo em protesto contra Dilma


'Não sei por que proibiram', reclama destaque da Unidos do Peruche.
Modelo famosa por tirar a roupa nos protestos contra o governo.

Letícia Macedo e Mariana PalmaDo G1 São Paulo
A modelo Ju Isen disse ter sido impedida de usar um tapa-sexo com a imagem da presidente Dilma Rousseff como protesto contra o governo federal durante o desfile da Unidos do Peruche , neste sábado (6), no sambódromo do Anhembi (veja o vídeo acima).
"Não sei por que proibiram, mas estou muito chateada. Estou me sentindo injustiçada. Eu quero o impeachment, o povo quer o impeachment", disse Ju, que desfila como madrinha das passistas.
Em entrevista ao EGO, antes do desfile, Ju Isen disse que iria usar o tapa-sexo com a imagem da presidente Dilma em sinal de protesto. "Vou mandar meu recado", afirmou.
Diante do assédio da imprensa com a possibilidade de Ju fazer o protesto, integrantes da Unidos do Peruche começaram a pressionar a modelo a não entrar com o tapa-sexo após a abertura dos portões.
Unidos do Peruche proibiu Ju Isen de usara tapa sexo com imagem de protesto contra Dilma (Foto: Letícia Macedo/G1)Unidos do Peruche proibiu Ju Isen de usara tapa sexo com imagem de protesto contra Dilma (Foto: Letícia Macedo/G1)
"Mas mesmo assim eu quero fazer jus porque estou na avenida. Eu não quero jamais que a minha escola de samba seja rebaixada, como eu sempre disse, eu tive umas reuniões com o presidente, eu estou aqui para somar, então vou fazer o que eles querem."
Ju disse que a ideia de usar o tapa-sexo foi dela, como todos sabem eu sou a musa do impeachment, musa das manifestaçõess, enquanto eu puder protestar vou estar fazendo isso".
A assessoria de imprensa da modelo disse que recebeu um telefonema dizendo: "Ou ela desiste do carnaval ou arruma outra fantasia". Eles compraram o macacão por R$ 300, mas ele custa mais de R$ 2 mil.
Ju Isen mostra o tapa-sexo  (Foto: Letícia Macedo/G1)Ju Isen mostra o tapa-sexo (Foto: Letícia Macedo/G1)
Regulamento não prevê
Segundo a Liga das Escolas de Samba de São Paulo, por meio de sua assessoria de imprensa, o regulamento não prevê o tema da manifestação política, como o merchandising, por exemplo, que é proibido durante os desfiles.
No entanto, se alguém se posicionar contra algo apresentado no desfile, pode abrir uma ata e a plenária da Liga, composta pelos presidentes das escolas, pode avaliar a questão e determinar a punição na segunda-feira (8).
SÃO PAULO: A modelo Ju Isen tira a roupa em frente ao Masp durante a manifestação contra o governo na Avenida Paulista. Ela já tinha feito isto nos atos anteriores. (Foto: Isabela Leite/G1)A modelo Ju Isen tira a roupa em frente ao Masp durante a manifestação contra o governo na Avenida Paulista em ato em 2015 (Foto: Isabela Leite/G1)